Cultura

Susan Palma-Nidel no TMG a 28 de março

Escrito por Jornal O Interior

Flautista principal da Orpheus Chamber Orquestra revisita temas icónicos da música portuguesa acompanhada por alguns dos melhores instrumentistas nacionais

A consagrada flautista norte-americana Susan Palma-Nidel tem concerto marcado no Teatro Municipal da Guarda (TMG) a 28 de março.

A instrumentista da Orpheus Chamber Orchestra vai apresentar-se com uma banda formada por alguns dos melhores músicos portugueses para revisitar os grandes temas da música nacional. São eles o guitarrista Pedro Jóia, o contrabaixista Carlos Barretto e José Manuel Neto na guitarra portuguesa, aos quais se juntarão Gil Goldstein (acordeão e teclados), Ruca Rebordão (percussão, berimbau e vozes) e Sandra Martins (violoncelo). O motivo deste encontro foi o disco “Lisboa à Solta”, editado em 2018 por Susan Palma-Nidel (flautas) com 12 canções icónicas de Fausto, Sérgio Godinho, Paulo de Carvalho, Zeca Afonso, Carlos Paredes, Adriano Correia de Oliveira e Alain Oulman, entre outros, apresentadas com novos arranjos.

Após uma bem sucedida carreira de 30 anos, a norte-americana veio para Portugal explorar os matizes das nossas formas musicais – com exceção do fado, muitas delas são desconhecidas fora do país – e acabou por gravar o disco “Lisboa Íntima”, que contou com a colaboração de artistas como Carlos do Carmo, Ivan Lins, Né Ladeiras e Júlio Pereira, sobre temas tradicionais de Trás-os-Montes ao Alentejo, passando pelas Beiras. Em 2018, Susan Palma-Nidel reuniu outro grupo de músicos para reinterpretar algumas das músicas mais identitárias da cultura portuguesa e o resultado foi “Lisboa à Solta”. A crítica compara este trabalho às renomadas gravações do Buena Vista Social Club de meados dos anos 90, pois Susan Palma-Nidel fez o mesmo que Ry Cooder, que viajou para Havana para apresentar a música cubana a um público mais amplo, trabalhando apenas com músicos locais. Há mesmo quem lhe atribua uma «magia semelhante à do Buena Vista Social Club», dada a relação e admiração mútua entre Susan e os outros músicos.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta