Cultura

Rita Cruz apresenta o seu primeiro livro “No País do Silêncio”

Escrito por Catarina Reino

Rita Cruz, natural da Guarda, apresentou a sua primeira obra, esta tarde, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço. “No País do Silêncio” é o nome do romance que retrata Portugal numa época de ditadura, tempos vividos antes da Revolução dos Cravos de 1974. A autora já viveu um pouco por todo o mundo, sendo que neste momento vive em Kuala Lumpur, na Malásia, e explica que decidiu editar este livro porque «queria oferecer isto de presente aos meus amigos e à minha família, e como não tenho jeito para mais nada sem ser escrever, pensei, pronto vou escrever um conto e oferecer, mas o conto foi crescendo e tornou-se num romance».

Rita Cruz também referiu que um dos principais temas debatidos é a liberdade de expressão, pois sente que «é um tema que merece ser debatido, recordado, e até mesmo aprendido pelas novas gerações». Mesmo o nome do livro é baseado nessa mesma liberdade de expressão, pois «este silêncio do título é o silêncio de quem cala porque há consequências em falar, por isso sim podemos dizer que um dos propósitos é esse».

A autora explicou também que «grande parte da história se desenrola numa pequena vila imaginária na beira alta, portanto eu fui buscar aquilo que me é próximo, apesar de não ser um livro autobiográfico, por isso, a flora aqui é a Guarda em determinadas partes do livro, e depois passa-se muito em Lisboa e no Porto».

A apresentação do livro ficou a cargo de Augusto Monteiro.

Sobre o autor

Catarina Reino

Leave a Reply

Financiamento