Cultura

Peça da ASTA e TeatrUBI distinguida em Espanha

A peça “Cântico Negro” da ASTA e do TeatrUBI, recebeu o prémio do júri para o Melhor Espetáculo da 24ª Mostra Internacional de Teatro Universitário de Ourense, um dos maiores festivais mundiais do género que decorreu entre 25 de abril e 11 de maio naquela cidade da Galiza.
O júri distinguiu a criação das companhias covilhanenses por «apostar numa dramaturgia que nos inquieta racional, emocional e visceralmente, partindo de um tipo de desafio teatral que nos transporta através da imagem». Criada e dirigida por Rui Pires, a peça subiu ao palco no passado dia 7 após ter estreado em Granada, no mês de março, e sido apresentada no Ciclo de Teatro Universitário da Beira Interior (Covilhã) e em Lisboa. O elenco é constituído pelos alunos da UBI Edmilson Gomes, Helena Ribeiro, Mário Fonseca, Nina Schneider e Sara Cruz, que também escreveram os textos, a partir de Fiódor Dostoiévski. Com este prémio, o TeatrUBI, que está a comemorar 30 anos, e a ASTA passam a contar 21 distinções nacionais e internacionais. O festival de Ourense contou este com a participação de 28 companhias de Espanha, Portugal, Holanda, Costa Rica, México e Nicarágua.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta