Cultura

Luzlinar cria plataforma online “buraco negro”

Escrito por Jornal O Interior

Chama-se “buraco negro” e é a plataforma online criada pela Luzlinar para continuar o trabalho dos participantes nos diferentes projetos da associação cultural sediada no Feital (Trancoso) durante as restrições impostas pelo estado de emergência.
Em www.buraconegro.ar-s.org há um conjunto de novas atividades organizadas em canais online com investigadores, artistas, cientistas, estudantes e público em geral, onde são abordadas diversas áreas como o cinema, artes plásticas, fotografia, clima, entre outros. As pessoas podem participar e colaborar «livremente, através das caixas de comentários dos vários canais, ou por convite, para a criar artigos (posts) relacionados com a temática de cada canal», adianta a Luzlinar. Os canais disponíveis intitulam-se “The 60 Seconds Experience”, um espaço dedicado ao cinema; “Vista de Olhos”, uma oficina de artes plásticas do “Espaço Pontes”, que desenvolve semanalmente uma “fanzine”; e “Camera Obscura”, onde são publicadas e comentadas fotografias. “Alterações Climáticas” (manifestações da natureza, clima, animais e outras temáticas ambientais e humanas), “Sal” (poesia, literatura) e “Despreparar” (partilha de reflexões sobre o hoje e o amanhã) são outros canais criados para que a arte continue o seu rumo.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta