Cara a Cara

«Este ano há muitas equipas inscritas nos diversos escalões distritais, o que faz prever um maior número de participantes»

Cara A Cara
Escrito por Efigénia Marques

P – Há condições, na sua opinião, para haver uma época com normalidade?
R – Acredito que há condições para que a próxima época já possa decorrer sem os problemas provocados nas duas últimas temporadas pela pandemia que tem abalado o desporto em geral.

P – Ainda se sente muito o impacto da pandemia nos clubes? De que forma?
R – O impacto ainda se faz sentir, contudo, o número de clubes inscritos nas provas distritais é semelhante ao das últimas épocas.

P – Isso traduziu-se numa menor inscrição de clubes ou continua tudo igual?
R – Há muitas equipas inscritas em diversos escalões, o que faz prever um maior número de praticantes.

P – No desporto jovem também houve consequências da pandemia da Covid-19?
R – Independentemente de todos os problemas que vão aparecendo, como a pandemia, que condicionou o desporto em geral, a vertente jovem tem esta época mais equipas inscritas do que nas anteriores.

P – A Associação de Futebol da Guarda tem ideia do impacto que a pandemia teve nos clubes?
R – A AF Guarda tem e sempre teve noção do impacto da epidemia dentro do desporto. De forma a combater esses problemas, e com a ajuda da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), apoiamos os clubes participantes da melhor maneira possível.

P – Os clubes não se conseguem afirmar quando sobem às competições nacionais, a que se deve isso?
R – Quando se fala nas participações dos nossos associados nas provas nacionais não podemos esquecer que estamos inseridos no interior e o distrito da Guarda é um dos que demonstra maiores dificuldades em termos socioeconómicos. A Iª Liga tem uma equipa do interior (Tondela), a IIª Liga tem duas (Chaves e Covilhã) e a recém-criada Liga 3, que já não é considerada profissional, tem apenas o Montalegre do interior.

P – Este ano, o Desportivo de Gouveia é o representante da AF Guarda no Campeonato de Portugal. Qual é a sua expectativa para esta época?
R – O Gouveia é o clube com mais história no nosso distrito. Estamos todos a torcer para que, pelo menos, consiga a manutenção e tenha um bom desempenho no Campeonato de Portugal.

Sobre o autor

Efigénia Marques

Leave a Reply

Financiamento